11.12.08

"As idéias estão no chão..."

"Você tropeça e acha a solução"
Assim diziam os Titãs... e falando melhor sobre isso aconselho ler o nebulosa...
Está quase tudo ala, a gente passa por cima, passa do lado a gente passa e não vê, a gente passa e não se importa, quantas vezes no meio de um dia cheio pensamos em algo que nunca havíamos pensado antes, algo simples, novo e não damos importância alguma...
Quero um bloco de papel e uma caneta pra anotar cada papo bom, cada pensamento perdido num dia cheio, quero uma máquina pra registrar cada pequeno detalhe genial da natureza ou do momento, será que com tudo isso eu consigo dar valor as grandes idéias que temos todos os dias?!
Seguimos por ai tropeçando, faz parte do nosso bom senso parar e olhar por onde andamos, afinal de contas grandes tropeços podem fazer história.
E como eu já disse eu adoro tropeçar em palavras, embora esteja bem parado vai ai uma tropeço antigo, prometo coisas novas... o bloco de papel e a caneta vão me ajudar

Sinto à flor da pele
doce flor
deslizando por meus lábios,
sinto a flor na pele
caricia suave,
delicada, envolvente
sinto a flor e a pele...

5 comentários:

Igor disse...

huaahuh
nada de escrito sobre seu post Samuel.. foi totalmente novo e 100% complementar isso aki..
e concordo plenamente, quem dera pudéssemos captar o momento; "aquele" momento onde as oportunidades surgem e não vemos..
mas elas voltam kara!
de uma forma diferente, disfarçadas novamente pra testar nossa astúcia, mas basta olhar pro chão q estão aih.. debaixo de nossos pés. =)

Grande abraço!!

greatdj disse...

Esse é o tipo de pensamento de um escritor/jornalista. Tudo o que vê, pensa, conversa... dá assunto a um texto.
A cada "tropeço" que se dá ganha uma formação de idéia e consequentemente uma dissertação.
Estou começando a dar valores sobre as conversas.
Elas me dão inspirações.

Lari. disse...

Oi Samuel! Brigada pela visita no blog viu!? E você tem razão, as vezes a ausência de palavras nos faz bem! Eu só não gosto de quando essa ausência significa indiferença! Olha, teve um momento em que eu percebi que muitas coisas passavam despercebidas por mim. Pessoas, sons, sinais, palavras e pensamentos. Adotei a idéia do bloco de notas e também me prometi ser mais atenta às cosias ao meu redor, afinal, não dá pra anotar tudo. Às vezes acordava de madrugada e ia anotar alguma coisa. Hoje, o bloco de notas me é obsoleto, mas foi uma idéia bacana. Útil até o momento em que passava o dia anotando coisas!

Juliana disse...

Vim aqui retribuir a visita e dizer que vou linkr seu blog pra fazer parte das minhas visitas diárias.. topa troca de links?
Abraços

www.pipocacomiogurte.blogspot.com

Thiago Leite disse...

É, estou passando por um tropeço, tentando me sair bem dele (e fazer o que for possível para que as outras pessoas envolvidas se machuquem o menos possível). É angustiante, mas estou aprendendo muito.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...