28.12.11

Sobre o inesperado e nada mais

Ela não merecia o futuro que teve
E se o teve,
foi por pensar que não queria
se logo depois
se apaixonou
foi por brincadeira do acaso,
foi por descaso,
por não sei que lá mais.
Se depois se apaixonou
Não sei dizer porque.

Ela não merecia,
Não deveria,
Ela não queria,
Mas ao primeiro 'oi'...
Se apaixonou
Entregou-se,
e já não sabia mais
O que era o Não querer

2 comentários:

Doris disse...

A vida traz surpresas as vezes né...Muito bom texto como sempre

Gabrielly disse...

o que seria a vida se tudo fosse planejado? Acho que o inesperado é melhor. Gostei dos poemas textos e enfim.
também escrevo : http://caminhadoemmarte.blogspot.com.br/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...